Home / Comunicação

Notícias

Home / Comunicação

Notícias

Setenta casais se unem em casamento comunitário em Amarante

Compartilhe está notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

GRATUIDADE DA UNIÃO CIVIL

Muitos casais estavam acompanhados dos filhos de relacionamentos estáveis, que foram oficializados no Casamento Comunitário. Foto: TJMA.

O Judiciário da cidade de Amarante do Maranhão proporcionou um dia solene aos noivos e noivas da cidade, que se uniram em cerimônia civil de Casamento Comunitário gratuito, no dia 6 de dezembro.

A cerimônia uniu 70 casais, no pátio da Paróquia Sagrado Coração de Jesus, com apoio da Prefeitura do Município de Amarante, por meio da Secretaria de Assistência Social, no apio à organização do evento e assistência aos casais beneficiados.

O juiz Danilo Berttôve Herculano Dias, titular da Vara única, presidiu a solenidade e realizou a celebração dos casamentos, individualmente, confirmando, a intenção de casa casal em oficializar a união diante da lei, como marido e mulher.

Os juízes Antonio Martins de Araújo (Comarca de Senador La Roque) e Thiago Henrique Oliveira de Ávila (3ª Vara Cível de Imperatriz) atuaram como celebrantes das uniões dos casais, em apoio ao titular da vara.

A tabeliã Rita de Kássia Gomes habilitou os casais para o casamento comunitário, sem a cobrança de taxas, conforme a parceria com o projeto “Casamento Comunitário” realizado pelo Poder Judiciário para casais carentes.

Muitos casais estavam acompanhados dos filhos de relacionamentos estáveis, que foram oficializados pelo projeto “Casamentos Comunitários”.

Uma das noivas presentes se recuperava de uma cirurgia na data da cerimônia mas não quis perder a oportunidade de oficializar a união. O casal participou da solenidade de dentro do carro, estacionado em frente à porta de entrada da Igreja.

O juiz Berttôve foi até o estacionamento para garantir a celebração do casamento dos noiva Raimundo Kércia Silva, 38 anos, e do noivo Raimundo Alves da Silva, 42, que exibiram a Certidão de Casamento ao fim do ato.

Mais idosos, os lavradores Lucas Barbosa Lima, 73 anos, e Ernita Miranda da Silva, 71, chamaram a atenção na cerimônia pela idade avançada e eram um dos casais mais felizes na cerimônia.

 

Fonte: TJMA

Compartilhe está notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Logo-Arpen-BR-MA